FRASE DO MÊS DE JANEIRO: "Abram os olhos e vejam tudo o que conseguirem ver antes que se fechem para sempre" - Toda A Luz Que Não Podemos Ver

Fui convocada para a seleção e me surpreendi!


Começar o desafio com um tapa na cara. Quem diria que eu apanharia da minha própria filosofia de "Não julgar um livro pela capa". 

Mesmo quem nunca leu a saga "A Seleção" certamente já se deparou com suas capas magnificas na livraria. Eu pelo menos - antes do desafio - me pegava admirando os vestidos da capa e achando tudo aquilo tão bonito que o livro me parecia ter uma história fútil. Pelo que percebo, não fui a única a rejeitar "A Seleção" pensando que seria mais um livro de princesas e mocinhos. 

Particularmente eu sou muito chata para esse gênero, passo longe, no entanto o #PsiqueDeSagas fez com que por alguns dias eu superasse esse preconceito e abrisse o livro. O que aconteceu? Me deparei com algo que eu realmente não esperava e que me deixou muito feliz por ter lido. 

A Trilogia de Kiera Cass apresenta sim, princesas, reis, rainhas, mas também mostra um País doente, castas, pobreza e como a nobreza lida, ou no caso, tenta ocultar isso. Mais do que a história de America - nossa narradora e personagem principal - o livro mostra também problemas reais que não são somente de um lugar "fictício". A autora deixa clara as críticas que faz a sociedade atual mantendo alguns nomes e investindo em países reais para a criação de Illéa - onde se passa a história.

Ter me deparado com algo além da história de 35 meninas disputando o coração de um príncipe me deu até um gás para terminar a trilogia. Contudo, não posso deixar de lado algumas coisas que me incomodaram um pouco e talvez incomode vocês. Ando meio cansada de ver em livros "Jovens" sempre a protagonista ter que decidir entre duas pessoas. Consigo contar em mais de uma mão livros em que isso acontece. Estou começando a achar que é um termo que assinam para publicar. A história vale a pena? Vale. Mas eu teria gostado muito mais se não tivesse um triangulo amoroso, cof cof, de novo.

Apesar disso, voltando a falar da parte boa, a America me lembrou eu - explosiva, ruiva, temperamento difícil, confusa por si só - conheço muitas mulheres assim, então é bem provável que a maioria se identifique com a protagonista o que deixa a história muito mais gostosa de ler. 

Não vi nada de infantil na leitura como ouvi muita gente reclamar. É claro que não é nenhum Stephen King mas até para mim que sou chata para o gênero, gostei muito de como tudo foi narrado. Os personagens são consistentes, a história é muito boa - tirando o que disse acima, mas fazer o que. 

Se você quer uma leitura tranquila de férias, comece a seleção. É Leve, não vai te tirar muito tempo, além disso é como assistir um daqueles filmes que passam de tarde na TV que te deixam mais "feliz" e te "distraem" da vida.


- Comentário adicional que não é necessariamente necessário.

Pegando indicações aqui e ali, vi muita, mas MUITA GENTE comparando "A Seleção" com "Jogos Vorazes". Não fui afundo sobre o "porque disso" mas como já faço uma ideia, deixo aqui o que EU, MARY, achei. 

Vi algumas familiaridades: o trio amoroso, a irmã, divisão de um novo país, mas acho importante ressaltar que se você está DEIXANDO DE LER porque acredita que é só uma versão copiada e afeminada, pode desistir da ideia. Na verdade, foi o que eu brinquei ali em cima, ultimamente não andam tendo muitas histórias originais, elas diferem ali e aqui mas basicamente é sempre a mesma coisa. Talvez não tenham lido outros, mas eu realmente li mais quatro ou cinco livros que tem essas mesmas coisas e seguem a mesma linha de pensamento.

Em todo caso, meu conselho é que MESMO QUE tenha isso ou aquilo igual, tentem ler e vão perceber que focam em coisas e razões diferentes e na verdade estão longe de serem a mesma coisa. 




Essa postagem como já devem saber faz parte do desafio acima, ou seja, a trilogia "A Seleção" ganhou também um DIY exclusivo e você pode conferir nesse link aqui.

Não esqueça de deixar seu comentário, sugestão, crítica, pode ser um "Mary me manda um oi" que eu adoro ler e responder, além disso, me ajuda a saber se estou no caminho certo.

Ainda não sabe sobre o Psiquê de Sagas? Então confere aqui !!!


Dê suporte para esse blog curtindo no  facebook.com/psiqueliteraria 

4 comentários:

  1. Maria,sou eu a Bruna,do grupo x on x?
    Eu li a seleção e amei,e eu gosto de triângulos amorosos,acham que deixam a história mais empolgante (ah.ah,ah)
    brunadianaoficial.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bru <3 Tudo bom?
      Eu gosto até mas é que ultimamente vejo em tantos livros que sempre tenho a esperança de ler uma história sem eles hahahahahaha.
      Muito obrigada pela visita!!!
      Beijos!!!!

      Excluir
  2. Olá! Mary me manda um Oi! Ha ha ha Estou brincando.
    Li sua resenha e gostei muito. Tando diz os pontos bons e ruins do livro. Eu ainda não li, assim como você, não li o livro imaginando como seria a historia só de olhar a capa. Não costumo fazer isso, mas as vezes isso acontece.
    Toda vez que eu olho esse livro sinto vontade de rir. Minha irmã leu um livro há um ano e eu fui perguntar dela, lhe disse que eu até lembrava dela me mostrando o livro dentro de sua bolsa e que quando estávamos conversando ela sempre estava com ele, ela não lembrava o nome, e eu fui atrás, pois tinha o livro na minha mente, e quando eu vi esse, pela primeira vez, eu olhei a foto e disse "Pronto mana, achei o livro" e ela falou "Mana eu nunca vi esse livro" e eu comecei a rir, como assim? Toda vez que eu lembro ela está com esse livro nas mãos, ai ela lembrou o nome do livro e eu ri mais ainda, por que o livro não tem nada a ver com esse, já que o que ela leu era o Dezesseis luas. #MeupequenoMico
    Por conta dessa confusão entre irmãs, ela agora está lendo o livro A Seleção, pois ficou interessada quando leu a sinopse, e eu ainda estou lendo resenhas para saber se leio agora ou não. Ha ha ha.
    Parabéns pela resenha, agora eu vou dá uma olhada nas outras postagens. Tchau!
    http://cantinhodasiz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooooiiii Sirlene!!! brincadeirinha hahaha
      E eu ri com seu comentário, muito. Paguei micos assim também, as vezes tenho tantas capas em mente que quando me perguntam de primeira eu confundo mesmo.
      Aproveite que sua irmã está lendo a seleção e faça o seguinte, espere sua irmã acabar o livro e vá correndo roubar dela pra dar uma lidinha rápida.
      Fico muito feliz que veio ler a resenha e que talvez eu tenha te ajudado <3 Quando acabar de ler, trate de voltar aqui e me dizer tudinho o que achou, mesmo que não goste.

      Agradeço novamente a visita e seja muito muito bem-vinda, espero que goste do resto do conteudo do site <3

      Beijinhos, Mary <3

      Excluir